O desenvolvimento das habilidades socioemocionais é imprescindível para qualquer pessoa, principalmente, quando o assunto é a educação. Trata-se de saber gerenciar as emoções e superar os desafios para promover uma experiência de aprendizagem enriquecedora.

Em um período crítico, repleto de incertezas, como a pandemia, e que exigiu o distanciamento social para evitar cenários ainda mais graves, essas habilidades se tornaram essenciais. Elas são responsáveis por manter a qualidade e o bem-estar dos alunos e educadores.

Nesse contexto, promover uma educação completa e que vai além das matérias tradicionais é fundamental para a evolução do ser humano. Neste post, você vai entender o que são as habilidades socioemocionais e a sua importância para o desenvolvimento pessoal!

Afinal, o que é a habilidade socioemocional?

As habilidades socioemocionais são necessárias para que a pessoa tenha controle consciente das próprias emoções. Em outras palavras, são aptidões que o indivíduo desenvolve para se tornar um ser humano mais completo e se relacionar com o outro.

Elas são influenciadoras do modo como uma pessoa pensa, sente, decide e age em determinada situação. Desenvolver habilidades socioemocionais é questão de aprendizado, pois influencia diretamente diversos fatores, como a saúde mental e o convívio social.

Assista também: Daniellen Lopes, diretora de produtos bilíngues da Conexia Educação, fala sobre como trabalhar a Educação Socioemocional em tempos de pandemia, no #EscolaEmPauta.

Quais as principais habilidades socioemocionais?

Composta por uma série de competências, as habilidades socioemocionais podem ser estimuladas e aperfeiçoadas ao longo da vida. O principal objetivo é fornecer a base cognitiva para um convívio social e relações saudáveis, sejam elas profissionais, pessoais ou acadêmicas.

Nesse sentido, para alcançar os objetivos da educação, é fundamental conhecer as principais habilidades socioemocionais, e assim, trabalhar o desenvolvimento de cada competência para a evolução humana completa. Veja quais são elas!

Empatia

A empatia significa a capacidade do indivíduo de se colocar na situação em que o outro se encontra. Agir com empatia contribui para ter decisões mais responsáveis e que não prejudiquem a si mesmo nem ao próximo, contornando adversidades sem gerar conflitos.

Felicidade

A felicidade é contagiante e capaz de tornar um ambiente mais agradável, melhorando as relações humanas. Por isso, o bom humor é uma competência socioemocional que abre portas e promove relacionamentos mais leves, amenizando as tensões do cotidiano.

Autoestima

A construção da autoestima é essencial para ter confiança e consciência do próprio valor. É uma habilidade importante para obter motivação, positividade e flexibilidade para lidar com as mudanças e situações do dia a dia da melhor forma possível.

Ética

Consiste nos padrões e valores da sociedade em relação ao que é correto ou não. Pode-se dizer que a ética é um requisito básico para as relações pessoais e profissionais, e deve fazer parte da conduta humana.

Paciência

Esse é um dos pilares do desenvolvimento socioemocional, pois contribui para o bem-estar e otimiza as relações pessoais. Na educação, é uma virtude que facilita o aprendizado e gera admirações, tornando-se um exemplo para um convívio agradável.

Autoconhecimento

Para lidar com outras pessoas de uma maneira correta e produtiva, você precisa se conhecer melhor. Essa habilidade socioemocional proporciona o equilíbrio necessário para saber como reagir perante as situações, sempre com confiança e respeitando os limites do seu corpo e mente.

Confiança

Ser confiante significa acreditar na própria capacidade de superar os obstáculos e alcançar os objetivos pessoais. Essa característica deve ser sempre estimulada, pois é decisiva para o sucesso de qualquer pessoa, seja na educação, seja na profissão ou na vida pessoal.

Responsabilidade

Outra habilidade socioemocional muito importante, que influencia diretamente a vida social de todo individuo. Compreender os direitos e deveres e adotar hábitos responsáveis deve ser algo comum a todo aluno, cidadão e profissional.

Autonomia

A autonomia consiste na capacidade da pessoa de se autogerenciar, ou seja, ter o livre arbítrio para tomar suas decisões e responsabilidades. É o fato de ter consciência e agir conforme os valores pessoais, ciente das consequências de cada escolha.

Criatividade

Por fim, a criatividade é indispensável para ter relações dinâmicas e produtivas, capazes de estimular a evolução de outras pessoas. Sendo assim, é uma habilidade socioemocional muito importante para a educação, independentemente da faixa etária.

Os pesquisadores do Instituto Ayrton Senna – parceiro do programa de educação socioemocional My Life , marca da Conexia Educação – organizaram as competências em cinco macrocampos para serem desenvolvidos na escola.

Para entender a conexão e dinâmica de aplicação em conjunto com as habilidades socioemocionais, você precisa também conhecer cada um deles!

  • engajamento com os outros – iniciativa social, assertividade e entusiasmo.;
  • amabilidade – empatia, respeito e confiança;
  • abertura ao novo – curiosidade ao aprender, imaginação criativa e interesse artístico;
  • autogestão – determinação, organização, foco, persistência e responsabilidade;
  • resiliência emocional – tolerância ao estresse, autoconfiança e tolerância a frustração.

Qual a importância para a educação do século XXI?

As competências e habilidades socioemocionais foram aprovadas e homologadas pela BNCC (Base Nacional Comum Curricular), para fazer parte obrigatória do currículo escolar em todo o Brasil, que entrou em vigor a partir de 2020.

Essa determinação demonstra que elas são fundamentais para a educação do ser humano e devem fazer parte da aprendizagem desde o ensino fundamental. Afinal, contribuem para o desenvolvimento consciente, sobretudo, aprimorando comportamento social, empatia, comprometimento e autocontrole.

Além disso, o mundo foi surpreendido pela pandemia de Covid-19, que provocou um cenário crítico e exigiu medidas extremas, como o distanciamento social. Nesse contexto, as habilidades socioemocionais foram ainda mais necessárias para os alunos e educadores.

Embora o uso de tecnologias, conectividade e recursos digitais tenham auxiliado os professores e alunos a manter as atividades, mesmo a distância, o desenvolvimento das habilidades socioemocionais foi decisivo para evitar perdas significativas. Entre elas, problemas como a ansiedade e a depressão.

Como ajudar os alunos a ter habilidade socioemocional?

O papel de todo educador é desenvolver em si e nos alunos as habilidades socioemocionais necessárias para a formação. Embora o ambiente familiar seja importante, é na educação escolar que o indivíduo aprende a lidar com o convívio social e com suas próprias emoções.

Sendo assim, o educador pode realizar tarefas presenciais ou a distância para estimular as competências socioemocionais, como:

  • atividades educativas que estimulem a criatividade;
  • trabalhos em equipe para estimular a empatia e o relacionamento;
  • compartilhamento de ideias;
  • promoção de desafios;
  • atividades que motivem a participação dos alunos;
  • estratégias de inclusão de todos;
  • valorização e reconhecimento dos avanços;
  • atividades de raciocínio lógico;
  • propostas com música e arte.

A Conexia tem a marca My Life de educação socioemocional em parceria com Instituto Ayrton Senna, e trabalha com o projeto de vida saudável do adolescente. O programa oferece todo apoio para o desenvolvimento das competências socioemocionais com excelência comprovada, contribuindo para o sucesso pessoal e profissional do aluno.

Como você percebeu, as habilidades socioemocionais são indispensáveis para a evolução do ser humano e devem ser uma prioridade para os educadores. Além de contribuir para construir relações saudáveis, são um grande diferencial para o futuro do estudante, tanto como profissional quanto como cidadão.

Gostou do post? Disseminar boas informações também é uma forma de contribuir para desenvolver as habilidades socioemocionais. Por isso, não deixe de compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais e garantir que outras pessoas também fiquem bem informadas!